Servidora pública municipal é encontrada morta e pode ter sofrido violência sexual

Nilda Eliane foi encontrada morta

A servidora pública municipal Nilda Eliane Carvalho, 48 anos, foi encontrada morta quinta-feira, 02, nos trilhos da linha férrea, próximo a Avenida Paraíso, na região central de Cornélio Procópio/PR. Ela estava nua e apresentava sinais de violência. A polícia esteve no local e acredita que ela tenha sofrido violência sexual.

A vítima foi identificada pelos documentos encontrados nas proximidades do local do crime. A Polícia Civil, bombeiros e o Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) estiveram no local e o corpo de Nilda foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Londrina, onde foi periciado e liberado aos familiares.

A princípio os policiais trabalham com a hipótese de que Nilda tenha sido violentada sexualmente e depois morta a pedradas ou tijoladas, haja vista as marcas de violência que apresentava. Entretanto, só depois da liberação dos exames a serem realizados pela perícia é que será possível saber o que realmente aconteceu.

Familiares e amigos ficaram revoltados com a brutalidade do crime e pedem providências à polícia no sentido de descobrir e prender o autor ou autores do assassinato. Várias buscas foram realizadas pela região, mas ninguém foi preso até o momento. As investigações estão sendo realizadas pela Polícia Civil local.









Descuido fatal. Idosa morre prensada por elevador ao se dirigir ao segundo andar

Zenia morreu prensada pelo elevador

Ao se dirigir ao primeiro andar para buscar um colírio, a idosa Zenia Rezende Fonseca, 73 anos, morreu prensada pelo elevador da residência em Camapuã/MS. O fato ocorreu na noite de segunda-feira, 29 e chocou a família, que ao ouvir o barulho foi ver o que havia acontecido.

A polícia relatou que a idosa estava com o marido, a filha e o genro na sala de estar da casa e se levantou para buscar o medicamento no primeiro andar. Algum tempo depois, os familiares ouviram um barulho e constataram que Zenia estava prensada entre o térreo e o primeiro andar.

A suspeita inicial é de que a idosa não tenha visto que o elevador ainda não havia chegado ao primeiro andar, entrou no espaço reservado ao equipamento e caiu com o elevador ainda em movimento. Ela sofreu traumas na cabeça, tronco e perna. Seu corpo foi retirado por bombeiros.







Filho de vereador assassinado em 2016 é morto a tiros no centro da cidade

Alan morreu ao ser atingido pelos disparos

Foi assassinado a tiros numa emboscada na noite de sexta-feira, 26, no centro de Cascavel, Região Metropolitana de Fortaleza, Alan Franklin de Souza, 29 anos. Ele era filho do vereador José Valmir de Souza, morto em 2016 durante um comício do qual participava tentando a reeleição.


Alan Franklin trafegava em uma moto pelo centro da cidade, quando indivíduos ainda não identificados disparam em sua direção, matando-o no local e depois fugiram. Alan tinha passagens pela polícia por prática de lesão corporal, homicídio e porte e posse irregular de arma de fogo.

José Valmir, pai de Alan, foi assassinado em comício
Segundo a polícia, Alan matou o agricultor Pedro Moreira Lopes para vingar a morte de seu pai minutos depois do crime ocorrido na localidade de Bom Nome, em Aiuaba. Ele foi julgado pelo crime e absolvido. A Delegacia Metropolitana de Cascavel tenta identificar e prender os autores do homicídio.






Servidora pública municipal é encontrada morta e pode ter sofrido violência sexual

Nilda Eliane foi encontrada morta A servidora pública municipal Nilda Eliane Carvalho, 48 anos, foi encontrada morta quinta-feira, 02,...

Postagens mais visitadas