Profissionais da imprensa mineira e capixaba prestigiam a 8ª Festa da Imprensa

Representantes da imprensa capixaba e mineira prestigiaram o evento

O Restaurante A. Salute, no centro de Barra de São Francisco/ES, foi palco para a realização da 8ª Festa da Imprensa, que reuniu profissionais da área de comunicação do Norte do Espírito Santo e Leste de Minas numa festa de muita animação e descontração.

Além dos profissionais da área, a festa contou também com a participação dos amigos da imprensa, que tiveram importante participação no evento por meio de patrocínios. Compareceram jornalistas e radialistas de Mantena/MG, Linhares, Rio Bananal, São Mateus etc.

Na ocasião foi apresentado aos presentes o Estatuto da União dos Profissionais de Comunicação, que se trata de uma entidade a ser criada para dar apoio em geral aos profissionais de imprensa que dela fizerem parte e que estiverem em dia com suas obrigações.

Os profissionais que estavam presentes e que assinaram o livro de presença são os fundadores da referida entidade, que já está montando sua diretoria provisória para trabalhar no sentido de organizar a UPC e garantir o seu efetivo funcionamento ainda neste ano de 2018.

A festa, que foi muito elogiada, teve a organização de Ricardo Madureira, Ronan Gava Júnior e demais apoiadores. As fotos ficaram por conta de Mazinho e Ricardo Madureira, e a parte musical a cargo de Ricardo Lemos, Rodrigo Guerra e Dhione Morais.

O comentário geral foi de que a festa foi melhor que a anterior, e os organizadores prometem novidades para a próxima, quando provavelmente já estará em funcionamento a União dos Profissionais de Comunicação, entidade sonhada pelos profissionais da área.

Fotos: Mazinho























Crueldade. Homem fica nervoso e espanca criança de dois anos até a morte

A polícia de Araxá atendeu a ocorrência

Extremamente nervoso, o indivíduo Ueric Gabriel Dias da Cruz, 20 anos, matou a tapas uma criança de dois anos de idade na cidade de Araxá/MG, na noite de quarta-feira, 19, na casa de sua namorada que é tia da vítima. O criminoso foi preso e está à disposição da justiça.

Após o crime Ueric levou a criança a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), onde contou que vítima tinha engasgado com o almoço que havia lhe servido. A equipe médica desconfiou da história do criminoso e acionou a Polícia Militar, que o prendeu.

O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal), que constatou lesões nos órgãos internos e morte por hemorragia interna, e que não havia nada relacionado a engasgamento com comida. Sem saída, ao prestar depoimento Ueric confessou a prática do crime.

Em depoimento ao delegado responsável pelo Inquérito que apura o crime, ele contou que a criança estava chorando muito e o deixou nervoso. “Foi então que perdi o controle e comecei a espanca-la”, disse ele, acrescentando que depois levou a criança até uma UPA.

A vítima foi deixada na casa da tia (nome não foi divulgado) pelo pai na tarde do crime, por causa de um compromisso e não podia deixar a criança sozinha, pois a mãe da criança está presa por tráfico de drogas. Ueric, se condenado, pode pegar de 12 a 30 anos de prisão.




Para impedir a separação marido mata a mulher que já havia arrumado a mala

Andressa não teve tempo de sair de casa

Mais uma mulher é vítima da sanha assassina de um homem que não aceita o fim do relacionamento e a mata com crueldade. Desta vez a vítima é Andressa da Silva Targa, 21 anos, morta a tiros pelo marido na noite de segunda-feira, 17, em Barra dos Bugres/MT.

Vizinhos contaram que Andressa deu fim ao relacionamento com Josenildo Silva do Nascimento, 27 anos, e chegou inclusive a arrumar suas coisas para ir embora da casa, mas não teve tempo. Josenildo, inconformado, a matou a tiros e em seguida evadiu-se do local.

Andressa, que chegou a ser socorrida por um vizinho, morreu logo após dar entrada na Unidade de Saúde. A mãe do criminoso disse aos policiais que estiveram no local, que seu filho fugiu por um pasto nos fundos da residência depois de atirar contra a vítima.

Disse ainda a mãe do assassino, que o relacionamento do casal estava conturbado e que os dois vinham brigando há dias, fato confirmado por amigos da vítima pela rede social. Na segunda Vanessa decidiu terminar tudo e começar uma nova vida e não conseguiu.

Até a postagem desta notícia Josenildo continuava foragido, mas a polícia está no seu encalço e afirma que ele poderá ser preso a qualquer momento. O crime será investigado pela Polícia Civil e o delegado responsável afirmou que o crime chocou a pacífica cidade.




Profissionais da imprensa mineira e capixaba prestigiam a 8ª Festa da Imprensa

Representantes da imprensa capixaba e mineira prestigiaram o evento O Restaurante A. Salute, no centro de Barra de São Francisco/ES, f...

Postagens mais visitadas