Adolescente que sofria bullying mata dois e fere quatro dentro da sala de aula

As vítimas foram socorrida pelo Samu
Um aluno de 14 anos atacou a tiros o Colégio Goyases, em Goiânia/GO, nesta sexta-feira, 20, matando dois adolescentes e ferindo quatro pessoas, segundo informações da Polícia Militar. O colégio particular de ensino infantil e fundamental está sediado no Bairro Riviera.

O autor dos disparos, um adolescente que cursa o 8º ano no colégio, estava na classe desde o início da manhã, e ao término de uma aula, às 11h50m, efetuou vários disparos contra os colegas. Nenhum professor ou funcionário da escola foi atingido pelos disparos.

Vinte minutos depois o adolescente foi apreendido e levado para a Delegacia de Polícia. A arma usada foi uma pistola ponto 40, de propriedade do pai dele, que é coronel da Polícia Militar. Colegas disseram aos policiais que ele sofria bullying por emitir mau cheiro.

João Pedro é um dos alunos mortos
As vítimas foram socorridas pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas os adolescentes João Vitor Gomes, 12 anos; e João Pedro Calembo, 13 anos, não resistiram e morreram. Ficaram feridos os alunos Isadora, Lara, Marcela e Yago Marques.

Em estado grave três vítimas tiveram que ser transportadas de helicóptero para o Hospital de Urgências de Goiânia, onde estão recebendo atendimento médico. Uma das adolescentes está sedada e entubada. O atentado chocou a todos, principalmente pela facilidade de acesso à arma por parte do menor.



Chuvas provocam enchentes no interior e na sede a situação é de alerta geral

Situação do Rio Itaúnas próximo à ponte, no centro da cidade O Córrego Tatu, no Distrito de Santo Antônio, em Barra de São Francisco...

Postagens mais visitadas