Rapaz fica 48 horas preso nas ferragens com cadáveres em decomposição

Mateus viveu situação de filme de terror
Quem viveu momentos de terror foi o jovem Mateus Siqueira, 18 anos, depois de ficar dois dias preso em um carro que caiu de uma ribanceira na TO-335, em Colinas do Tocantins. E ficou preso nas ferragens desde domingo junto com duas pessoas que morreram no acidente.

Ele se arrastou até a rodovia na manhã de quarta-feira, 31, e pediu ajuda. Mais tarde os soldados do Corpo de Bombeiros estiveram no local e constataram que os corpos já estavam em estado de decomposição. Eles foram retirados do veículo e encaminhados ao IML para as providências de praxe.

O acidente aconteceu no domingo, 28 e o Corpo de Bombeiros foi acionado por uma testemunha, tendo comparecido ao local. Como não encontraram nada, e a pessoa que comunicou o fato não estava no local do acidente, os bombeiros imaginaram que se tratava de um trote e foram embora.

As outras vítimas são Jonathan Lima Dourado, 20 anos; e Elismar Brasílio Siqueira, 40 anos, tio de Mateus. De acordo com a polícia, uma arma foi encontrada em poder de Jonathan. Apurou-se, ainda, que Jonathan e Elismar tinham várias passagens pela polícia por roubo e agressões a mulher.

O carro caiu de um precipicio de mais de cem metros de altura e teve que ser puxado por um guincho. Mateus, que estava desorientado e desnutrido, foi levado para o Hospital Municipal de Colinas. A perícia foi chamada ao local para tentar entender como tudo aconteceu.



Chuvas provocam enchentes no interior e na sede a situação é de alerta geral

Situação do Rio Itaúnas próximo à ponte, no centro da cidade O Córrego Tatu, no Distrito de Santo Antônio, em Barra de São Francisco...

Postagens mais visitadas