Chega de gatos. Ambulante tenta inovar com espetinho de Bem-te-vi e se dá mal

As aves depenadas e a espingardas apreendidas pelos policiais ambientais
Um ambulante de 59 anos, cujo nome não foi divulgado pela polícia, decidiu acabar com aquela velha história de venda de churrasquinhos de gato e oferecia aos seus fregueses algo mais exótico, como espetinhos de aves nativas da região, tais como Bem-te-vis, sabiás e columbinas.

Ele foi preso em Ilha Comprida, no litoral de São Paulo e responderá por crime ambiental, por matar as aves da região e vender na praia como se fossem espetinhos de frango. Além de ter sido preso em flagrante pela Polícia Militar Ambiental, o ambulante ainda pagará R$ 10 mil de multa.

Os fiscais da Vigilância Sanitária estiveram no local
O ambulante só foi descoberto, porque ficou nervoso ao ver uma patrulha. Os policiais decidiram abordá-lo e ele confessou que tinha uma espingarda de pressão. Os policiais fizeram uma vistoria com autorização do criminoso, e apreenderam dez aves abatidas que estavam no freezer e a espingarda.

Abatidas dentro da Área de Proteção Ambiental, as aves eram de espécies como sabiá, bem-te-vi e columbina. O ambulante negou que ela seriam utilizadas para revendas de espetinhos, mas não conseguiu convencer as autoridades e teve a licença de trabalho cancelada pela prefeitura.

As aves e a carne recolhidas foram encaminhadas ao descarte
Além das dez aves completamente depenadas, os policiais ambientais encontraram ainda 240 quilos de carne sem procedência. A Vigilância Sanitária foi acionada e constatou que todos os produtos encontrados eram impróprios para o consumo humano e os encaminhou para o descarte.

Além de ter sido enquadrado na Lei de Crimes Ambientais e perdido a licença de trabalho, o ambulante que quis inovar em seu comércio, foi multado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente. Os usuários da praia, que compravam os produtos do ambulante, ficaram revoltados com a descoberta.



Chuvas provocam enchentes no interior e na sede a situação é de alerta geral

Situação do Rio Itaúnas próximo à ponte, no centro da cidade O Córrego Tatu, no Distrito de Santo Antônio, em Barra de São Francisco...

Postagens mais visitadas