Perdeu. Pastor Maníaco da Orelha foi preso durante a Operação Libertação

Pastor Wilson Jorge, o Maníaco da Orelha, sendo preso

O pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular Wilson Jorge Ferreira, 51 anos, mais conhecido como Maníaco da Orelha, por começar seus ataques sexuais lambendo as orelhas das vítimas, foi preso na manhã desta terça-feira, 13, em sua casa em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte/MG.

Um dos líderes da congregação e atuante na região metropolitana há 25 anos, Wilson foi tirado de circulação na Operação Libertação, da Delegacia Especializada de Combate a Violência Sexual. Ele é investigado por praticar diversos abusos sexuais e estupro de vulnerável desde maio de 2017

À frente das investigações, a delegada Larissa Mascotte disse que cerca de 10 vítimas prestarão depoimentos durante a semana. Ela destaca que em nenhum dos casos houve conjunção carnal e que o pastor colocava a mão na genitália das vítimas, lambia a orelha delas e as aliciava.

Segundo a delegada, diversos aparelhos eletrônicos foram apreendidos na residência do maníaco em cumprimento a mandado de busca e apreensão. Ela disse, ainda, que várias vítimas já foram ouvidas no inquérito e que a prisão preventiva foi decretada, porque o pastor estava ameaçando as vítimas.

Se aproveitando de sua posição na igreja, o pastor abusava sexualmente das vítimas e depois as ameaçava para que não denunciassem os abusos. Ele às vezes difamava as vítimas nos cultos com o objetivo de desacreditá-las. Assim que o inquérito for concluído será encaminhado à justiça.

O Conselho Nacional de Diretores da Igreja do Evangelho Quadrangular disse por nota que ao tomar conhecimento da acusação afastou o pastor imediatamente de suas funções administrativas e eclesiásticas, e que será instaurado um Processo Disciplinar Interno.

O referido processo será instaurado pelo Conselho de Ética da instituição, que na oportunidade reiterou que “como instituição religiosa respeitável não compactuamos e jamais aprovaremos tais desvios de comportamento de membros do Ministério”.



Chuvas provocam enchentes no interior e na sede a situação é de alerta geral

Situação do Rio Itaúnas próximo à ponte, no centro da cidade O Córrego Tatu, no Distrito de Santo Antônio, em Barra de São Francisco...

Postagens mais visitadas