Se essa moda pega. Travestis presos por penhorar veículo de suposto cliente

Jonas e Joel entraram pelo cano

Uma confusão envolvendo os travestis Jonas Pereira da Silva, 20 anos, e Joel Ferreira Matos, 30 anos e um suposto cliente, foi registrada na madrugada desta terça-feira, 21, na Rua Curimatã com Caparari, no Bairro Lagoa, na Zona Leste de Porto Velho/RO. Eles acabaram presos.

Jonas e Joel são acusados de terem roubado um veículo de um cliente para pagar dívida de um programa sexual no local onde funciona um ponto de prostituição. Entretanto, eles dizem que só penhoraram a moto até que o cliente, cujo nome não foi divulgado, pagasse a dívida.

Ocorre que a versão da vítima, que tem 38 anos, é bem diferente. Segundo contou, estava indo para o trabalho em sua moto Honda Biz, quando ao passar pelo local Jonas entrou na sua frente perguntando se queria fazer programa. Ao recusar, o travesti o ameaçou com uma faca.

“Quando recusei, ele sacou uma faca e anunciou o assalto com o apoio do outro travesti, que também estava armado”, disse a vítima se referindo a Joel. “Com medo de ser morto, sai correndo e os dois fugiram com minha moto”, contou o homem à polícia, que partiu no encalço dos dois.

Os ladrões foram abordados por uma guarnição do 1º BPM na Avenida Farquar, no centro de Porto Velho, ocasião que Jonas tentou enganar os policiais abrindo o baú da moto e apresentando o documento do veículo juntamente com a CNH em nome da esposa da vítima.

Levados para a delegacia, a dupla de travestis mudou a versão e disse que o proprietário da moto tinha deixado o veículo como garantia de pagamento de um programa sexual realizado com o travesti Jonas. A vítima negou e garantiu que foi assaltado. Os travestis foram autuados em flagrante.




Chuvas provocam enchentes no interior e na sede a situação é de alerta geral

Situação do Rio Itaúnas próximo à ponte, no centro da cidade O Córrego Tatu, no Distrito de Santo Antônio, em Barra de São Francisco...

Postagens mais visitadas