Intolerância. Policial militar é morto com cinco tiros durante discussão no trânsito

Posto de Saúde onde o policial foi atendido

Após discussão no trânsito o cabo PM Adriano Góes Lisboa, 36 anos, foi morto com cinco tiros disparados por um desconhecido na Rua 12, no Bairro Jardim Barro Branco, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O acontecimento tumultuou o trânsito no domingo, 22, por algumas horas.

O cabo Góes foi socorrido ao Posto de Saúde de Parque Equitativa, em Santa Cruz da Serra, aonde já deu entrada morto. O motivo da briga ainda é desconhecido da polícia. O atirador evadiu-se do local e o caso é investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

Lotado na UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) do Morro da Formiga, na Tijuca, Zona Norte do Rio, Adriano, que estava na corporação há nove anos, foi o 82º policial militar morto no Estado somente em 2018. Seu corpo foi levado para o IML de Caxias e depois liberado aos familiares.






Confraternização de advogados de Águia Branca recebe elogios pela organização

O presidente Raony Scheffer, da 5ª Subseção prestigiou o evento  O Kubit, em Águia Branca/ES, foi o local escolhido pelos advogados da...

Postagens mais visitadas