Jovem aparece morto duas horas após sua namorada ser morta com tiro na cabeça

Orlando e Ana Cristina

Um tiro na cabeça tirou a vida de Ana Cristina de Oliveira do Sacramento, 16 anos. O crime ocorreu na tarde de quarta-feira, 27, no Bairro Jardim América, no Rio de Janeiro. Ela chegou a ser socorrida ao Hospital Getúlio Vargas, na Penha, pelo namorado Orlando Farias, 22 anos, mas não resistiu.

Vizinhos contaram à polícia que ouviram barulho de tiros e em seguida avistaram Orlando sair com Ana nos braços toda ensanguentada. Disseram, ainda, que ele estava muito nervoso. Familiares de Ana Cristina disseram que não sabiam do relacionamento dos dois, e que ela estava grávida.

Horas depois do acontecimento, Orlando Farias foi encontrado por populares morto com dois tiros, próximo a uma igreja do mesmo bairro. Antes de morrer ele havia dito que estava com a namorada em uma praça, quando foram assaltados e Ana Cristina acabou sendo baleada.

A polícia encontrou uma mochila com roupas dela e os familiares não souberam dizer se ela ia fugir com o namorado ou para a casa de parentes. “Temos parentes em São João do Meriti e pode ser que ela tenha pensado em ir para lá por causa da gravidez”, disse a prima dela.

O caso foi registrado na 38ª Delegacia de Polícia de Vista Alegre e será transferido para a Delegacia de Homicídios da Capital, que continuará com as investigações. Quanto à morte de Orlando, a polícia não informou se já tinha alguma pista sobre quem foram os autores do homicídio.








Idosa morre no hospital ao ser espancada por bandidos que queriam sua aposentadoria

Dona Raimunda não resistiu aos ferimentos Internada desde o dia 15 de abril, quando foi brutalmente espancada em sua residência no Pov...

Postagens mais visitadas