Jovem aparece morto duas horas após sua namorada ser morta com tiro na cabeça

Orlando e Ana Cristina

Um tiro na cabeça tirou a vida de Ana Cristina de Oliveira do Sacramento, 16 anos. O crime ocorreu na tarde de quarta-feira, 27, no Bairro Jardim América, no Rio de Janeiro. Ela chegou a ser socorrida ao Hospital Getúlio Vargas, na Penha, pelo namorado Orlando Farias, 22 anos, mas não resistiu.

Vizinhos contaram à polícia que ouviram barulho de tiros e em seguida avistaram Orlando sair com Ana nos braços toda ensanguentada. Disseram, ainda, que ele estava muito nervoso. Familiares de Ana Cristina disseram que não sabiam do relacionamento dos dois, e que ela estava grávida.

Horas depois do acontecimento, Orlando Farias foi encontrado por populares morto com dois tiros, próximo a uma igreja do mesmo bairro. Antes de morrer ele havia dito que estava com a namorada em uma praça, quando foram assaltados e Ana Cristina acabou sendo baleada.

A polícia encontrou uma mochila com roupas dela e os familiares não souberam dizer se ela ia fugir com o namorado ou para a casa de parentes. “Temos parentes em São João do Meriti e pode ser que ela tenha pensado em ir para lá por causa da gravidez”, disse a prima dela.

O caso foi registrado na 38ª Delegacia de Polícia de Vista Alegre e será transferido para a Delegacia de Homicídios da Capital, que continuará com as investigações. Quanto à morte de Orlando, a polícia não informou se já tinha alguma pista sobre quem foram os autores do homicídio.








Servidora pública municipal é encontrada morta e pode ter sofrido violência sexual

Nilda Eliane foi encontrada morta A servidora pública municipal Nilda Eliane Carvalho, 48 anos, foi encontrada morta quinta-feira, 02,...

Postagens mais visitadas