Ex-marido mata a mulher a facadas dentro de igreja no final do culto

Geni foi assassinada dentro da igreja
Mais uma mulher é morta violentamente pelo ex-marido. Dessa vez foi Geni de Souza Soares Wurmeister, 40 anos, que foi esfaqueada no final do culto de uma igreja evangélica em Cianorte, no Paraná, na noite de domingo, 08, por volta de 21h30m. O autor do homicídio é Leônidas Wurmeister, 51 anos.

Ela já tinha pedido proteção ao procurar a Delegacia de Polícia da cidade e relatado o comportamento violento do ex-marido, mas nada foi feito. Assim que matou a ex-mulher Leônidas fugiu, mas foi perseguido e capturado. Ele foi autuado por homicídio e poderá pegar até 30 anos de prisão.

Apesar das tentativas do pessoal do Corpo de Bombeiros e do Samu, Geni, que levou quatro golpes de faca de cozinha, não resistiu e morreu no local. O casal tinha se separado há 20 dias, mas Leônidas não aceitava o fim do relacionamento

Um parente de Geni contou à polícia que há 20 dias eles brigaram e Leônidas provocou quebra-quebra em casa, estragando fogão, mesa, geladeira etc. Em vista disso Geni pediu proteção a sua vida e que a justiça determinasse que o ex-marido se mantivesse distante dela 300 metros.

Entretanto, Leônidas ficou ligando insistentemente e Geni passou a atender e a se encontrar com ele, mas deixando claro que não queria mais o relacionamento, o que o deixou furioso. Fora de casa, Leônidas passou a dormir em um quarto cedido pelo pastor de uma igreja local.

Na noite do crime, Geni tomou conhecimento de que o ex-marido estava com fome, levou comida para ele e assistiram juntos ao culto. De repente gritos no fundo da igreja. Era Geni pedindo a Leônidas que parasse de esfaqueá-la, mas ele não parou. Pessoas tentaram ajudar em vão. Ela morreu no local.

Familiares disseram que temiam pela vida dela e dos filhos, um menino de 11 anos que foi morar com o pai, e uma adolescente de 17 anos que ficou com a mãe, “porque não queria deixá-la sozinha”. O crime chocou as pessoas e está sendo investigado pela Delegacia da Mulher de Cianorte.

Três mulheres foram mortas no final de semana. Em Pavão/MG, Laís Andrade Fonseca foi morta por Valdeir Ribeiro de Jesus dentro da viatura policial, a caminho da delegacia; e em Viana/ES, Amanda dos Santos Evangelista foi morta por Marks Simon Ramos, que morreu ao tentar fugir da polícia.



Chuvas provocam enchentes no interior e na sede a situação é de alerta geral

Situação do Rio Itaúnas próximo à ponte, no centro da cidade O Córrego Tatu, no Distrito de Santo Antônio, em Barra de São Francisco...

Postagens mais visitadas